Os avanços na tecnologia dos implantes e os novos protocolos permitem agora fazer o que quase era impossível há pouco tempo atrás no próprio dia. Há 10 anos atrás, a abordagem padrão para a reabilitação com implantes consistia em fazer a cirurgia de implantes e aguardar um período de 6 meses para que o osso integrasse na superfície do implante (Osteintegração). Durante este período os pacientes tinham de usar próteses acrílicas provisórias removíveis ou estar desdentado.

Esta solução permite fazer uma reabilitação com implantes e uma prótese fixa provisória no próprio dia, devolvendo de imediato o sorriso e capacidade mastigatória ao paciente. A prótese definitiva é feita posteriormente. As nossas clínicas dispõem de equipamento digital de última geração, que trazem vantagens tanto no planeamento como na execução do tratamento, conferindo uma maior comodidade e rapidez.

Como se processa?
Primeiro terá de fazer uma avaliação com o médico implantologista, para que este possa perceber as expectativas do paciente. Avalia também a viabilidade dos dentes remanescentes, assim como a disponibilidade óssea através de CBCT disponível em quase todas as nossas clínicas, são tiradas fotografias, e eventualmente uma simulação para aprovação de como irá ficar.

Dispomos também de equipamento de cirurgia guiada, que tornam a cirurgia mais segura.

 

Veja aqui a nossa página sobre Implantologia