+351 210 302 360 CSM | Linha de Apoio | Marcações
PT | EN
NEWSLETTER

Tóxina Botulínica e Ácido Hialurónico, aplicações em Medicina Dentária

Voltámos a ter na Clínica de Lisboa a Consulta de Harmonização Facial, e a Dra. Sandra Sykes, explica-nos as aplicações e as vantagens destes dois componentes tão procurados, na Medicina Dentária.

 

A Toxina Botulínica

 

A toxina botulínica tipo A é um complexo proteico purificado, de origem biológica, obtido a partir da bactéria Clostridium botulinum.

A sua aplicação provoca um relaxamento muscular temporário e local, o que permite corrigir movimentos musculares anormais.

 

Estes efeitos terapêuticos têm várias aplicações no âmbito da Medicina Dentária, como:

Bruxismo: ranger de dentes, apertamento dentário anormal. Limita a contração muscular podendo substituir o uso de aparelhos intra orais (goteiras).

Problemas na articulação temporo-mandibular: dores junto ao ouvido, problemas musculares e articulares.

Espasmos/trismos: quando de repente não se consegue abrir a boca ou então existe dor forte associada. Diminui a dor associada à tensão muscular, reduz os espasmos musculares.

Sorriso gengival: a excessiva exposição da gengiva ao sorrir pode ser corrigida ao limitar a ação dos músculos que elevam o lábio superior.

Nevralgia do trigémeo

Reabilitação com implantes: O relaxamento muscular favorece a adaptação às novas próteses dentárias e pode ser empregada nos tratamentos preventivos, como em casos de implantes de carga imediata.

Assimetria facial: Normalização gradual da harmonia da face e do sorriso

A Toxina Botulínica embora associada à Estética Facial, deve ser entendido como mais um recurso terapêutico que a Medicina Dentária dispõe para solucionar problemas, atuando através da paralisia temporária do músculo que está em hiperfunção, devolvendo-lhe o estado de normalidade. O procedimento é seguro e não existindo nenhum comprometimento motor da boca.

 

O ácido hialurónico

 

O composto administrado é constituído por Ácido Glucorónico e N- Acetilglucosamina. O Ácido Hialurónico é uma substância inócua produzida pelo nosso organismo, altamente solúvel em agua. 

Este ácido encontra-se no corpo humano, preenchendo as lacunas entre as células. É um componente de importantes líquidos corporais tais como o liquido sinovial que tem a função de lubrificar as articulações.

A maior parte do ácido hialurónico do organismo está situado na pele, o que confere ao órgão volume, sustentação, hidratação e elasticidade.

Na Medicina Dentária é aplicado com a finalidade de diminuir sulcos nasogenianos (Sulcos que se formam ao lado do nariz) e devolver volume e contorno aos lábios, por exemplo em pacientes que tenham passado por um período em que tenham estado êdentulos (desdentados) e naturalmente a pele tenha perdido tónus e contorno.

 


Voltar

Subscrever Newsletter