+351 210 302 360 CSM | Linha de Apoio | Marcações
PT | EN
NEWSLETTER

Como substituir os dentes ausentes?

Segundo um estudo recente da Ordem dos Médicos Dentistas 70% dos portugueses têm ausência de dentes naturais e 20% apresentam uma falta superior a 10 dentes. Mas atualmente existem soluções confortáveis e de elevado nível estético.

Após a perda de um ou mais dentes deve ser de imediato estabelecido um plano de tratamento de reabilitação oral, ou seja, de recolocação dos dentes perdidos.

Cada dente tem uma função e o conjunto dos dentes garante o equilíbrio entre si e entre as arcadas superior e inferior. Com a perda de um dente, este equilíbrio sofre alterações, levando a que os dentes adjacentes ou oponentes se movam e podendo chegar a provocar lesões da articulação têmporo-mandibular. Pode haver alterações faciais e redução da capacidade mastigatória, com possíveis consequências ao nível do sistema digestivo. Além disso, resulta sempre na perda óssea na zona desdentada.

Nos últimos anos foram desenvolvidas técnicas avançadas para a substituição de dentes ausentes. Surgiram também novos materiais que garantem melhor estética e durabilidade.

Os implantes dentários, as coroas em cerâmica de última geração, a possibilidade de realizar tratamentos de colocação de dentes fixos num só dia e as facetas são algumas das soluções disponíveis.

Estas soluções têm gerado um número crescente de pessoas com reabilitações orais fixas confortáveis e com uma estética superior.

Marque uma consulta de diagnóstico sem compromisso com um dos nossos especialistas.


Voltar

Subscrever Newsletter