Curiosidades e Dicas

Dicas de refeições (ou alimentos) saudáveis para o Verão

Muitos de nós sabemos como umas férias podem arruinar os esforços feitos para alcançar o peso pretendido ou mesmo o plano alimentar que ainda está em curso... A alteração de hábitos e rotinas durante o tempo que se está de férias, pode condicionar de tal forma aquilo que comemos que, no regresso de férias, se podem trazer alguns quilos a mais.


Ver mais

3 mitos sobre saúde oral durante a gravidez

A gravidez estraga os dentes

 

Um dos maiores mitos que existe é que a gravidez estraga os dentes da mãe. O enfraquecimento dos dentes, devido à perda de cálcio em favor do feto, e o aumento do risco de cárie dentária são uma das ideias incorretas normalmente veiculadas. O que acontece é que a ingestão alimentar mais frequente, com alto teor de açúcares, em conjunto com a diminuição de cuidados de higiene oral e o pH salivar mais ácido - em consequência das náuseas e vómitos - podem aumentar o risco de cárie.


Ver mais

Saúde Oral – 4 dúvidas frequentes

Como é que a idade afeta a minha saúde oral? Resposta a 4 dúvidas frequentes.


1 – Com a idade, quais os problemas que poderão afetar a minha saúde oral?
 - cáries, principalmente as cáries radiculares (raízes dos dentes)
- doença periodontal (gengivas)
- perda de dentes
- alterações funcionais da cavidade oral (mastigação)
- desgaste dentário
- cancro oral
- xerostomia (sentir a boca seca)
- dor craniofacial
- aparecimento de mucosas sensíveis e finas
- alteração da cor dos dentes
- diminuição da perceção de certos sabores.


Ver mais

Venha conhecer a Clínica Júnior

Temos um espaço autónomo, pensado e decorado para os mais jovens, para tornar as idas ao dentista um momento divertido. Dispomos de uma equipa médica focada no acolhimento dos mais novos, nas áreas de Odontopediatria, Ortodontia e Higiene Oral.


Ver mais

Dicas sobre a escovagem dos dentes do seu filho

Dos 0 aos 3 anos: a escovagem deve ser realizada pelos pais, a partir da erupção do primeiro dente, duas vezes por dia (uma obrigatoriamente ao deitar), utilizando uma gaze, dedeira ou escova macia de tamanho adequado.


Ver mais

Um sorriso perfeito? Tudo o que precisa de saber sobre facetas estéticas

Não estou satisfeito com a cor dos meus dentes e isso tem-me inibido de sorrir. O que posso fazer para recuperar o meu sorriso e a minha autoconfiança?

As facetas estéticas são capas muito finas, personalizadas (feitas à medida), que se colam na parte frontal dos dentes, permitindo corrigir a sua forma e cor.


Ver mais

O segredo do meu sorriso? O aparelho 'invisível'

Preciso de colocar um aparelho ortodôntico mas tenho alguma relutância, por questões estéticas. De que alternativas disponho?

aparelho  lingual  é  uma  excelente  alternativa  para  quem  não  queira  colocar  um  aparelho convencional por questões estéticas.
Este aparelho, em vez de ser colocado na parte frontal, é colocado na face interior dos dentes,utilizando os elementos tradicionais: braquetes, arcos, elásticos e molas.


Ver mais

Prótese fixa ou removível: qual a mais aconselhável para mim?

A perda de dentes tem afetado a minha capacidade de mastigação e, em muitos casos, a minha confiança e autoestima, levando a alguns constrangimentos na minha vida pessoal e social.

As próteses dentárias (os chamados ‘dentes postiços’) permitem-nos repor os dentes perdidos, devolvendo-lhe o seu sorriso.

Aperdadedentestemafetadoaminhacapacidadedemastigaçãoe,emmuitoscasos,a minhaconfiançaeautoestima,levandoaalgunsconstrangimentosnaminhavidapessoal e social.

 

Asprótesesdentárias(oschamadosdentespostiços) permitem-nosreporosdentesperdidos, devolvendo-lheoseusorriso.


Ver mais

A Dra Madalena Recorda...7 dicas para motivar o seu filho a escovar os dentes

Escovar os dentes não é uma atividade que esteja no topo das prioridades dos mais pequenos.

O que podemos fazer para os motivar?


Ver mais

O bicho-papão da Marta

Combater a ansiedade e o medo de ir ao dentista



Marta, uma bem-sucedida consultora de 35 anos, tinha um medo que lhe retirava horas de sono: as idas ao dentista. O seu trauma, resultado de uma má experiência em criança, terminou no dia em que, por recomendação de uma amiga, procurou a Clínica Santa Madalena e teve contacto com a técnica de Sedação Consciente.


Ver mais

4 técnicas para melhorar o seu sorriso

Dentes fraturados, lesionados por cárie ou manchados não têm que ser um drama. A Clínica Santa Madalena dispõe de diversas técnicas que poderão devolver-lhe um sorriso despreocupado.


Ver mais

A chucha faz mal aos dentes?

8 CONSEQUÊNCIAS DA UTILIZAÇÃO DA CHUPETA

Ajudar os filhos a abandonar a chupeta é um dos principais dilemas dos pais.
Enquanto se definem estratégias e se analisam truques, mitos e dicas, é importante ter em mente os efeitos deste hábito nos dentes das crianças.


Ver mais

Escovas manuais vs escovas eléctricas

Dra. Maria Corte Real

(higienista na Clínica Lisboa – Conde Redondo)

 

A placa bacteriana, formada por restos alimentares e bactérias presentes na boca, é a principal causa de cárie dentária e de gengivite. Uma boa higiene oral desempenha um papel fundamental na manutenção da saúde oral. A escovagem é o método mais eficaz para a remoção da placa bacteriana.


Ver mais

Dr, será que com esta idade ainda posso endireitar os meus dentes? Vale a pena?

Dr. Mário Robalo
(ortodontista nas clínicas Lisboa – Conde Redondo e Lisboa – Parque das Nações)

 

Sim, pode. E sim, vale a pena.

É uma pergunta comum que os nossos Pacientes nos fazem. Pode-se dizer que já há algum tempo que o tratamento ortodôntico deixou de ser quase só para crianças e jovens adolescentes sendo colocados cada vez mais aparelhos em Pacientes adultos.


Ver mais

Doutor, posso comer maçãs depois de colocar um implante?

Esta pergunta e outras parecidas são comuns. E para a responder temos de definir alguns conceitos e subdividir esta resposta.

Em primeiro lugar, a colocação de um implante é um acto cirúrgico executado no gabinete dentário, com anestesia local e sem dor. Por ser um procedimento cirúrgico há que ter sempre alguns cuidados e passados cerca de sete dias remover a sutura.

Em segundo lugar, só algumas vezes o implante ou implantes receberão carga, ou seja, a colocação logo em seguida de uma coroa implanto suportada provisória ou de uma prótese total, que poderá ser definitiva ou provisória. Todas estas opções diferem muito de caso para caso e os critérios e decisões serão avaliados e explicados pelo Médico Dentista.


Ver mais

Pacientes diabéticos apresentam com mais frequência doença periodontal?

A periodontite é uma doença inflamatória multifatorial, caracterizada pela destruição dos tecidos de suporte dos dentes (gengiva e osso alveolar), que leva à inflamação e hemorragia gengival, mobilidade dentária, mau hálito e em casos severos à perda dentária, diminuindo assim a qualidade de vida.


Ver mais

Importância do Flúor em Medicina Dentária

O flúor encontra-se na natureza sob a forma de iões fluoretos presentes tanto em águas potáveis mineralizadas como em alguns legumes e frutas, intervindo na formação óssea e no desenvolvimento dentário, bem como nos processos de desmineralização/remineralização que ocorrem na cavidade oral.


Ver mais

Bruxismo

O Bruxismo é uma desordem do movimento caracterizada pelo ranger ou apertar dos dentes. Pode ser nocturno, diurno ou ambos.


Ver mais

A Terceira Dentição

Quem não gostaria de dar uma segunda oportunidade aos seus dentes?

Quantas vezes ouço: “Se eu soubesse, tinha tratado melhor dos meus dentes!”, ou então “Provavelmente o dente tinha tratamento, mas antigamente arrancava-se logo”

Há diversas formas de substituir os dentes em falta, mas só uma se assemelha ao conforto dos nossos próprios dentes: os implantes dentários.


Ver mais

Como substituir os dentes ausentes?

Segundo um estudo recente da Ordem dos Médicos Dentistas 70% dos portugueses têm ausência de dentes naturais e 20% apresentam uma falta superior a 10 dentes. Mas atualmente existem soluções confortáveis e de elevado nível estético.


Ver mais

A importância dos dentes de leite

A dentição humana tem como funções principais a mastigação e a fonética, mas também tem uma função social importante, que não deve ser menosprezada. Os dentes de leite são vinte e têm, adicionalmente, a função de guiarem a erupção (nascimento) dos dentes definitivos.


Ver mais

Sensibilidade Dentária

Se esporadicamente aparecer uma dor de dentes ou sensação de incómodo quando ingere bebidas quentes ou frias ou come comidas doces ou amargas, pode ter dentes sensíveis. A dor dos dentes sensíveis não é sempre constante, pode aparecer e desaparecer. O desgaste da superfície do dente ou do tecido gengival, ou ainda, a exposição de raízes dentárias devido a recessão gengival são as principais causas da sensibilidade dentária. Pequenas dores ocasionais podem ser um sintoma de problemas iniciais facilmente tratáveis que se descurados podem ter consequências mais graves.

É importante falar acerca dos seus sintomas com o seu dentista para determinar a causa e o tratamento apropriado.

Ignorar os dentes sensíveis, pode conduzir a outros problemas de saúde oral. Uma grande percentagem de problemas orais deve-se ao facto de, ao executar a higiene oral diária, aparecer dor em alguns dentes e, para se evitar essa dor, descura-se a limpeza nas áreas sensíveis e dolorosas.


Ver mais

Saúde Oral na Mulher Grávida

Ao longo da vida a mulher deve dar especial atenção à sua saúde oral, sendo conveniente que os tratamentos necessários à manutenção se realizem o mais precocemente possível.

Durante a gravidez, as alterações hormonais observadas no organismo da mulher podem ocasionar o aparecimento ou o agravamento de problemas orais, em especial a inflamação das gengivas. Por isso, é frequente que as gengivas possam doer ou sangrar durante a escovagem. Neste período a cavidade oral necessita de cuidados especiais e os hábitos de higiene devem também ser reforçados.

O acesso a consultas de medicina dentária proporciona à mulher grávida o apoio de um profissional especializado, que pode resolver os problemas dentários que mais frequentemente aparecem associados à gravidez, com vista à melhoria da sua saúde oral.

Consultório oral

Para uma higiene oral completa é fundamental uma assepsia profunda da cavidade oral. Use um colutório oral específico para as suas necessidades. Bochechar sem diluir o produto, duas vezes por dia, por um minuto. É aconselhável não ingerir alimentos ou bebidas por meia hora após o uso. Não ingerir o colutório.

Uso do fio dentário e escovilhão

A placa bacteriana tende a acumular-se nas regiões interdentais e em baixo das gengivas, sendo um dos principais motivos da doença periodontal. É importante eliminar a placa bacteriana para uma correta manutenção das gengivas.

A utilização do fio dentário ou do escovilhão constitui um complemento para uma boa higiene oral. Serve para limpar os espaços entre os dentes, onde a escova não chega. É suficiente a sua utilização uma vez por dia, de preferência antes da escovagem da noite.

A higiene da boca é a melhor forma de evitar e prevenir as doenças orais.

Mau hálito

A melhor maneira de eliminar o mau hálito é seguir um programa de higiene oral, que inclua a escovagem dos dentes duas vezes por dia e a utilização diária do fio dentário, para eliminar os resíduos alimentares e as bactérias responsáveis pelo mau hálito. Os colutórios apenas ajudam a melhorar o mau hálito a curto prazo, pelo que se tem um problema crónico, o seu dentista poderá recomendar-lhe um colutório anti-microbiano para ajudar a manter as bactérias à distância.

Por vezes ficamos com água na boca…

Já reparou que sempre que vê uma comidinha que adora fica com água na boca? Quando vemos uma guloseima, a nossa vontade de a comer é tanta que a boca começa logo a produzir a saliva que nos ajuda a desfazer o alimento.

Se temos mesmo muita fome, o nosso cérebro começa a imaginar a comida dentro da boca e produz a saliva como se já estivéssemos mesmo a comer! Na verdade tudo isto acontece porque o nosso cérebro se baralha. Ele não consegue separar o cheiro ou a imagem da comidinha boa que vemos, cheiramos ou em que pensamos daquilo que estamos ou não mesmo a comer.

Visite regularmente o seu médico dentista…

A visita ao dentista não deve acontecer quando apresentamos sinais de alguma doença ou infeção oral. É aconselhável ir ao dentista no mínimo 2 vezes por ano, como medida preventiva. Uma cárie inicial ou outras infeções podem ser facilmente diagnosticadas no início do aparecimento, evitando desta forma o agravamento do quadro clínico.

Alimentação Saudável, Dentes Saudáveis!

A alimentação é um fator crucial quando se trata de nossa saúde oral. Alguns alimentos, em especial os doces, geram ácidos que atacam e enfraquecem o esmalte dentário, provocando a destruição do mesmo. É o que conhecemos como cárie. Evitar a cárie depende fundamentalmente de uma dieta saudável com baixo conteúdo de açúcares.


Ver mais

Os doces fazem mal aos dentes…

Não são só os doces que fazem mal aos dentes, mas estes fazem mais mal porque as bactérias que existem na nossa boca também são gulosas. O açúcar dos doces ajuda essas bactérias, que são tão pequenas que nem as vemos, a fazerem uma espécie de buracos a que se chamam cáries. Mas se nos habituarmos a lavar sempre muito bem os dentes e usarmos também o fio dental, os restos do que comemos são retirados e as bactérias têm menos vontade de atacar os nossos dentes porque deixa de lá haver comida! As pastas de dentes têm flúor e outros produtos que ajudam a escova a tirar bem todos os restos de comida e de açúcar e fazem os nossos dentes manterem-se fortes e úteis.

Escovagem dos dentes

A escova é um objeto pessoal e intransmissível. Deve ser macia e substituída quando os pêlos começam a ficar deformados. O mais importante é escovar com atenção todas as faces dos dentes, por 2 a 3 minutos, no mínimo 2 vezes ao dia, de preferência após cada refeição e antes de deitar, usando um dentífrico com flúor. Também é aconselhável escovar a língua.